jusbrasil.com.br
8 de Dezembro de 2021

Como evitar que o cliente peça desconto!

Sua Primeira Ação, Advogado
Publicado por Sua Primeira Ação
há 6 meses

Uma das fases mais difíceis de todo advogado em início de carreira, com toda certeza é a dificuldade para precificar o seu trabalho, sempre ficamos com medo de passar o preço para o cliente, e quando tomamos coragem e passamos, quase sempre eles pedem descontos.

Por isso a dica de hoje será para que você consiga seus clientes pelo seu preço, sem que eles peçam desconto por seu trabalho.

Gere valor para o seu trabalho

Apesar da grande maioria das pessoas acreditarem que preço e valor são sinônimos, existe uma grande diferença entre eles.

O preço é um valor financeiro que é colocado no serviço que você está oferecendo, já o valor diz respeito à percepção que o seus prospectos clientes têm do trabalho que você oferece.

Dessa forma quando você gera valor para o seu trabalho, o preço será apenas uma quantificação que o cliente pagará por todos os benefícios que ele terá em ser o seu cliente e isso diminuirá as chances de o cliente pedir desconto, pois ele saberá quanto realmente vale seu trabalho.

E como gerar valor?

Se posicionando como autoridade no assunto, mostrando todos os benefícios que você oferece, gerando uma sensação de amizade que o cliente nunca sentiu ao se consultar com um advogado, você deve fazer ele se sentir especial, seja antes, durante ou depois do contrato, com o tempo ele passará a comentar sobre você para outras pessoas e isso é um dos passos para a geração de valor.

Como gerar valor antes do contato do cliente?

Hoje em dia se você não está na internet você não está em local nenhum, já se foi a época em que você abria um escritório e o cliente ia até você, agora você precisa buscá-lo onde ele estiver.

Apesar da internet ser um ambiente ilimitado, estima-se que 90% das pessoas que utilizam a internet estão concentradas nas redes sociais, então você precisa estar nesses ambientes.

Dessa forma você precisa aprender a se posicionar na internet, pois suas redes sociais são a vitrine do seu trabalho e se você começar a produzir conteúdo de qualidade, dar o máximo de atenção as dúvidas de seus seguidores, sempre estar à frente dos outros advogados quando surgir uma questão jurídica de grande relevância, as pessoas vão começar a te ver como uma autoridade na sua área de atuação e isso gera valor, e isso é o passo mais importante para você precificar o seu trabalho.

Algo que me ajudou bastante foi estudar como funciona o jogo da internet, aprender o local certo onde meu cliente está, aprender formas de chamar a sua atenção e gerar um impacto.

Conclusão

Sei que no começo é difícil se manter firme com relação a preço, mesmo conseguindo gerar esse valor para seu trabalho, mas algo que aprendi na prática foi que a maioria dos clientes pedem desconto apenas por pedir, acredito que seja algo instalado na mente dos brasileiros, para sempre pedir desconto, não importando a situação.

Então quando aprendi a gerar valor ao meu trabalho e a entender que o cliente pede desconto não por achar o meu preço alto, mas sim por ele já estar programado para isso, passei a ser irredutível quanto a remuneração pelo meu trabalho.

Com isso posso afirmar, a maioria daqueles que acham caro e vão embora, logo voltam pois analisam a concorrência e não encontram o valor do trabalho e a autoridade que eu consegui transmitir, a maioria dos advogados querem atrair clientes apenas com preço baixo e isso na advocacia é a diferença entre ganhar ou perder uma ação.

..

Tem alguma dúvida sobre a advocacia? Deixe aqui nos comentários e siga nosso perfil no Instagram: @suaprimeiraacao

Quer aprender a captar os primeiros clientes na advocacia? baixe o nosso guia gratuito: https://bit.ly/ebook-gratuito-advocacia

Siga nosso perfil aqui no JusBrasil para ser notificado das próximas postagens.

Siga nosso perfil no Instagram: @suaprimeiraacao

Entre em nosso canal do Telegram, lá compartilhamos dicas extras para a sua advocacia.

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)