jusbrasil.com.br
8 de Dezembro de 2021

5 Dicas infalíveis para conseguir estágio de direito

Sua Primeira Ação, Advogado
Publicado por Sua Primeira Ação
há 6 meses

Quando estamos na graduação uma das maiores dificuldades é para conseguir um estágio em escritórios de advocacia, pois a concorrência é enorme e quando surge uma vaga, logo ela é preenchida, sendo ainda mais difícil para aqueles estudantes que não possuem nenhum advogado na família, ou não conhecem ninguém da área para indicá-lo.

Por esse motivo hoje vou dar cinco dicas para aumentar consideravelmente suas chances de conseguir um estágio.

1 – Capacitação

Muitos estudantes acreditam que apenas o conhecimento adquirido na faculdade é suficiente para conseguir um estágio, mas descobri da pior maneira possível que não é bem assim.

Se você quer ter suas chances de conseguir um bom estágio, você precisa aprender assuntos que vão além do direito, vejamos:

a) Aprenda a manusear os principais sistemas judiciais do seu estado (PJE, E-PROC, PROJUDI, PJD e outros)

Algo que com toda certeza irá aumentar suas chances de ser contratado, é ter o conhecimento mesmo que básico dos principais sistemas do judiciário do seu estado.

Mesmo que você não consiga o acesso ao interior dos sistemas por não ter o cadastro, quase todos os tribunais e a OAB disponibiliza tutoriais e manuais para operar esses sistemas, recomendo que você dê uma estudada nesses documentos para conseguir ter ao menos uma familiaridade com os ambientes.

Esse conhecimento irá te auxiliar em entrevistas, provas práticas ou em seu treinamento em caso de contratação.

b) Aprenda sobre Marketing Jurídico

Geralmente a função de gestão das redes sociais e marketing dos escritórios é exercida pelos estagiários e colocar esse conhecimento em seu currículo irá aumentar as suas chances de conseguir a vaga.

Então você precisa estudar o marketing jurídico, pois isso aumentará suas chances de ser contratado, irá gerar mais resultados para o escritório quando você já estiver trabalhando, além de já te preparar para o início da sua carreira na advocacia.

2 - Lista de e-mails

Quando você não conhece advogados da sua cidade é extremamente difícil conseguir uma indicação, ou até mesmo o contato de escritórios para encaminhar o seu currículo.

Para resolver esse problema, basta você procurar nos lugares certos, a OAB geralmente tem uma lista com o e-mail dos advogados da subseção e a disponibiliza em seu site, você pode pegar esses e-mails e encaminhar o seu currículo, oferecendo seus serviços como estagiário, em minha época de graduação auxiliei diversos colegas nessa busca e quase todos conseguiram ao menos uma entrevista com essa estratégia, então vale o esforço.

3 – Buscando na internet

Caso você não consiga o contato dos advogados e escritórios pela lista da OAB, você pode buscar nos perfis do Instagram, Facebook ou nos sites dos escritórios, basta fazer uma busca nos perfis da subseção da OAB e verificar os advogados da sua cidade que estão seguindo o perfil, a maioria deles possui o e-mail na BIO ou pelo menos o site do escritório.

Com esse contato você pode enviar o seu currículo e oferecer os seus serviços.

4 – Processos Seletivos

A maioria dos escritórios que abrem vagas para estagiários, realizam processos seletivos, sendo quase padrão a forma de seleção adotada.

Tais processos seletivos seguem a mesma linha do exame da OAB, com perguntas objetivas e a elaboração de uma peça processual, porém adaptados para o período do estagiário que estão buscando.

Então para se preparar para esses processos em geral, o melhor a se fazer é iniciar desde logo os seus estudos com foco para o exame de ordem, quanto antes você inicia essa preparação, mais capacitado você estará para os estágios que surgirem, assim como para o próprio exame que logo você terá que fazer.

5 – Entrevistas

Uma das dicas que dou para vocês se saírem bem em uma entrevista de estágio, é que estudem a atuação do escritório ou da vaga em si, mesmo que você não tenha conhecimento aprofundado sobre o tema, tenha ao menos o conhecimento básico para conseguir desenvolver uma conversa com o entrevistador.

..

Tem alguma dúvida sobre a advocacia? Deixe aqui nos comentários e siga nosso perfil no Instagram: @suaprimeiraacao

Siga nosso perfil aqui no JusBrasil para ser notificado das próximas postagens.

Siga nosso perfil no Instagram: @suaprimeiraacao

Entre em nosso canal do Telegram, lá compartilhamos dicas extras para a sua advocacia.

2 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Triste realidade, o estudante ter que se "capacitar" para ser estagiário. Advogados, entendam que o estagiário está ali para aprender, e não para entrar no escritório sabendo, o correto é ele ter apenas o conhecimento que adquiriu na faculdade, as demais coisas os profissionais devem ensinar para eles, todos nós já estivemos do outro lado, e agora como profissionais, devemos ser solidários com o próximo. É um absurdo, exigir de um estagiário qualquer tipo de experiência. continuar lendo

Concordo Dr. isso seria o mundo ideal, mas infelizmente sabemos que caso o estudante não busque se capacitar, ele não irá conseguir um estágio. Em minha época de graduação fui recusado em diversas entrevistas por não possuir esses conhecimentos que estão além da matriz curricular do curso.

Assim como eu, os estudantes só vão descobrir como realmente funciona o mercado após serem rejeitados em diversas entrevistas e processos seletivos, o que é extremamente prejudicial, uma vez que as vagas são extremamente raras e concorridas.

Então enquanto não alcançamos esse mundo ideal, só nos resta fazer nossa parte com nossos estagiários, tentar conscientizar os colegas advogados e ajudar os estudantes na busca pela capacitação. continuar lendo